Como tudo aconteceu....

Campinas, Quarta-feira, 21 de agosto de 2013



Ontem minha amiga veio aqui em casa e eu estava sem inspiração nenhuma para escrever um post. Dai ela me deu a idéia de escrever como tudo aconteceu, como que surgiu a idéia e tudo mais, então hoje eu vou contar para vocês como tudo aconteceu.

Minha mãe era super contra, tinha um super medo e tudo mais, até que um dia, ela encontrou uma amiga dela que disse que o intercâmbio era uma super oportunidade de aprendizado, que além de aprendermos uma lingua nova nós crescemos e tudo mais. Depois desse dia minha mãe ficou apaixonada. A amiga dela disse que foi com uma empresa, amou e os dois filhos dela tambem foram e amaram. 

Então ela foi atras dessa empresa e de mais uma se não me engano e ficou apaixonada por essa. No início ela queria muito que eu fosse para a Inglaterra, mas por conta de notas falaram que seria bem difícil para mim se eu fosse pra lá. Dai ela perguntou se tinha alguma outra opção de país, e a pessoa que estava atendendo ela falou que tinha o canada, que não tinha tanta exigência de nota quanto os outros países e tudo mais e que seria melhor pra mim.

Minha mãe pegou os papeis das duas empresas que ela foi e me ligou falando que eu ia e explicou como tudo aconteceu. No começo eu não achei que seria a melhor coisa para mim até que ela me convenceu. Ela me deu os papeis para eu mostrar para o meu pai e ver se ele gostava e se sim de qual ele gostava mais (eles são separados).

No começo meu pai foi contra, custou a deixar, até que um belo sábado de manha ele foi comigo até a agencia ver tudo bonitinho como era e tal, só que eu esqueci que era um feriado (eu nem tinha me tocado, quem sabe se tem ou não feriado de sábado?). Depois disso ele conseguiu ir la sem mim para poder conversar e saber mais sobre o programa e tal. 

Ele gostou e me deixou ir, desde que eu tirasse notas boas nos dois primeiros bimestres para eu poder passar de ano aqui. Eu fui muito mal no primeiro bimestre, peguei várias recuperações e nem consegui recuperar tudo. Ele quase cancelou mas me deu mais uma chance, falou para eu tentar mais uma vez e se eu não conseguisse recuperar eu não ia (Nesse meio tempo, comecei a fazer e inglês com um professor especifico para pessoas que vão fazer intercâmbio).

Foi um sufoco, ralei muito, estudei demais, mas no final valeu a pena por que eu não peguei nenhuma recuperação e ainda consegui recuperar as minhas notas perdidas do primeiro bimestre. Além de tudo, pude aproveitar as minhas férias inteiras sem me preocupar com os estudos.

Fui na primeira semana de aula depois das férias pra ver se eu iria continuar indo até o final do mês ou não. Meu pai teve uma reunião com a coordenadora do meu colégio, e ela disse que não havia necessidade. Comecei a ficar em casa, só que não da pra ficar em casa o dia todo, todos os dias até o final do mês sem fazer absolutamente nada mofando no sofá. Então tive a idéia de criar um blog de intercâmbio e aqui estou eu hoje escrevendo para poder ajudar vocês e para me ajudar também.

Então é isso pessoal, ficou meio grande o post mas acho que consegui falar tudo bem certinho, espero que tenham gostado!


See you soon,
Bruna